momentos1

  Já passei por vários momentos difíceis na minha vida, mas devo confessar que este foi aquele momento que me atirou para o fundo do poço. Quando se chega ao fundo do poço e bate-se bem lá no fundo com a cabeça, aí sentimos que não somos nada, é difícil pois nestes momentos deixamos de viver literalmente e passamos a tentar sobreviver, lutar, ter auto estima, pensar positivo, acreditar em si próprio, comer, dormir, descansar, parar para pensar, mas tudo soa a um pesadelo.

   Queremos muitas vezes fingir para todas as pessoas que estamos bem, para que eles não sofram por nós e para que não vivam sempre preocupados connosco, mas é tão difícil e dói tanto. Dói tanto, que chega a um momento em que se tem de partilhar com uma pessoa de confiança aquilo que sentimos e estamos a viver, pois só podemos falar de tudo isto junto de uma pessoa em quem se confie plenamente, pois não é fácil aguentar a dor dentro de nós e suportá-la.

    Neste momento, chorei no escuro do meu quarto a pensar naquilo que tinha que fazer, nas pessoas que não podia desiludir e aquelas que eu não cria que se preocupassem comigo. Chorei sem que ninguém se apercebesse, horas a fio nas madrugadas em que não consegui se quer fechar os olhos, enquanto isso pensava na minha vida, no futuro que irá surgir, e acima de tudo naquilo que me magoa e me fere, sem que eu consiga impedir.

    Naquele momento não sei bem aquilo que precisava, talvez um abraço fosse aquilo que eu mais precisasse para além do apoio e das palavras amigas que me deram. Em casa tentei esconder a minha dor ao máximo, mas nem sempre consegui controlar a postura do meu rosto e lançar um sorriso, pois aquilo que mais precisava era chorar, porém queria manter o sorriso apesar da dor, pois as pessoas que estão a meu lado e que convivem comigo, não tem de levar com os meus problemas, com as minhas angústias, com a minha má disposição, com o meu pessimismo e com a minha revolta.

    Partilhei este momento com uma única pessoa em primeiro lugar, aquela em quem mais confio, até confio mais nela do que em mim própria. Foi difícil de contar, apesar de saber que ela estaria ali para tudo aquilo que eu precisasse, que me apoiaria, que me dava colo e os seus sábios conselhos.

   Perdeu do seu tempo para me dar conforto através das suas palavras, das suas mensagens de positivismo e de dar força para eu lutar e seguir em frente.

    A ela devo um grande obrigada, pois esteve do meu lado incondicionalmente, e por isso, e por todos os momentos que juntas compartilhamos, agradeço por tudo do fundo do meu coração. Estarei agradecida por toda a tua amizade, lealdade, preocupação, ou seja, por tudo aquilo que fizeste por mim.

   A ti te agradeço por tudo aquilo que fizeste por mim, apesar de sentir que nunca irei conseguir-te agradecer d maneira que tu mereces, pois todos os meus agradecimentos vão ser poucos para tudo aquilo que fizeste por mim.

    Neste texto que agora termino, não poderia deixar de agradecer aquele que este sempre comigo para tudo o aquilo que eu precisasse.

    A vida é feita de momentos, e este foi um dos momentos que vivi recentemente que decidi compartilhar com todos vocês, este momento da minha vida.

Anúncios