13151676_860089150767630_4698656148805735431_n

 

Mas eu não sei as respostas. Em muitas alturas fiquei sem dormir pensando no que queriam elas dizer! a verdade é que em nenhuma dessas noites cheguei a conclusão nenhuma.Foi ai que me comecei a questionar do que fazia, de como o fazia, talvez assim parassem de perguntar,na minha estupidez, perguntavam-me isso por eu estar a fazer algo mal. Tempos depois percebi que não era por estar a fazer algo errado mas sim por estar a agir de forma
diferente, e ai foram outras tantas noites sem dormir a pensar no assunto….
Pensei em mentir e arranjar uma desculpa para toda a situação, mas não sou de mentir!
Pensei em evitar as pessoas, mas não iria resultar!
Pensei em contar tudo, mas não queria que tivessem pena de mim!
Então não fiz nada e deixei correr……………. é não foi fácil nos primeiros tempos, para ser sincera foi um pesadelo, mas o que
poderia eu fazer em relação? que eu visse nada !!!!

Passado uns tempos voltaram as perguntas e desta vez não conseguiria escapar sem responder, e de cada vez que me perguntavam ” então como estas?” o meu mundo desabava por dentro, mas querendo ser forte forçava um sorriso e um estou bem.
Cansada de tanta coisa dei um tempo, um tempo do trabalho, um tempo das amigas, um tempo da família, um tempo do tempo.
de tanto que escondi, que afastei, acabei por desmoronar tudo de uma vez, então disse o que pensava, o que sentia, da forma mais errada que o poderia ter feito. Magoei tantas pessoas com tudo isso, acima de tudo magoei-me a mim!

Escrevi,apaguei e voltei a escrever vezes sem conta…. mas não conseguia escrever estava magoada comigo própria e não conseguia ser positiva, ou pelo menos a mesma pessoa que escreveu outros tantos textos… podia escrever sobre amor, felicidade, podia escrever algo que talvez vocês quisessem ler, mas não estaria sendo mais uma vez correta comigo própria, então escrevi, e fui fiel a esta pagina ” Aquilo que penso e sinto”.

Não é uma lição de vida, nem quero que seja uma…. mas era o que eu precisava compartilhar com alguém. Então pensei porque não?
Afinal são eles que fazem os meus textos terem muitas visualizações. No meio de tanta asneira que fiz, foi nos textos que encontrei refugio ao fim de os apagar milhares de vezes..

Então foi no final que descobri que se estou magoada, desiludida com alguém devo dizer-lhe de forma correta e no momento, ao contrario do que eu fazia,
que era guardar rancor, não devo guardar coisas que me fazem mal pois mais cedo ou mais tarde a “bomba” irá explodir em alguém que não teve culpa nenhuma.
Agora começa a verdadeira luta, tentar mudar e consertar os erros. Conhecendo-me vou precisar de muita, muita sorte!!!!

Anúncios